Ā 

Um ano de descobertas...


Este ano foi um ano de profunda descoberta pessoal. šŸŒŸ


Foi momento de parar, observar-ME, escutar-ME e acima de tudo sentir-ME! Bem, que dor! Eram dores de crescimento. Deixei doer. As dores podem ser Ć³timas mensageiras se estivermos dispostos a parar e escutar. A verdade Ć© que tive momentos em que nunca me senti tĆ£o perdida. NĆ£o conseguia perceber o que era esperado de mim.


Sempre senti que a minha missĆ£o era servir e ajudar ou outros (humanos e nĆ£o humanosā€¦jĆ” te contarei mais sobre a minha histĆ³ria noutro post) mas precisei de perceber que a minha missĆ£o era tambĆ©m ajudar-me a ser a melhor versĆ£o de mim mesma. Que jornada! O caminho foi-se abrindo debaixo dos meus pĆ©s pois teimei em continuarā€¦e onde nĆ£o havia caminho, nasceu este projeto, Um caminho de regresso a TI. šŸ™šŸ¼āœØ

4 visualizaƧƵes0 comentƔrio

Posts recentes

Ver tudo
Ā